América Latina não é o “quintal de alguém”, diz

0
4868

O ministro de Relações Exteriores da China, Wang Yi, ressaltou a valor da América Latina e do Caribe para seu país durante coletiva de prensa desta segunda-feira (7), organizada para delinear as principais pautas da diplomacia chinesa por ocasião da reunião anual do Parlamento.

O diplomata destacou que a China já enviou mais de 400 milhões de doses de vacina contra a covid-19 para a região. Aliás, o volume mercantil das trocas entre Pequim e a América Latina e Caribe teria ultrapassado pela primeira vez a marca de US$ 400 bilhões (R$ 2,09 trilhões) em 2021, e ainda ressaltou a realização do Fórum Ministerial China-Celac.

“A América Latina é uma terreno enxurrada de esperança e vitalidade, não o quintal de alguém. O que o povo latino-americano precisa é de isenção, justiça e cooperações que beneficiem a todos, e não de políticas de poder e assédio. A China e a América Latina são áreas em desenvolvimento e com a aspiração universal de independência”, disse Wang.

Na conferência, Wang também comentou a guerra entre Rússia e Ucrânia e defendeu a promoção da “sossego e do diálogo”.

“Quanto mais divergências, maior é a premência de sentar para negociar. Os rios não congelam em uma única noite fria, a situação na Ucrânia tem causas muito complexas e a primeira coisa a se fazer é manter a calma e a razão e buscar uma solução pacífica”, disse o diplomata.

Edição: teleSUR

Natividade: Brasil de Veste

Deixe um comentário