As bicicletas eléctricas explodiram – ZAP Notícias

0
5997

Bicicleta eléctrica Ancheer

Padrão retirado do mercado. Baterias de bicicletas Ancheer originaram incidentes, incluindo explosões que originaram queimaduras.

O transmitido publicado na semana passada deve ter assustado alguns utilizadores de bicicletas eléctricas, nos Estados Unidos da América.

A Percentagem de Segurança de Produtos de Consumo dos EUA avisou que estavam a ser recolhidas bicicletas eléctricas, protótipo AM001907 da Ancheer.

O motivo? Riscos de incêndio, de explosão e de queimaduras.

Sim, explosão. As baterias das bicicletas pretas, produzidas na China, originaram incidentes que envolveram incêndios, explosões.

A percentagem recebeu seis relatórios de compradores, com essas consequências; quatro desses casos originaram queimaduras.

“Os utilizadores devem parar imediatamente de usar as bicicletas eléctricas retiradas. E devem entrar em contacto com a Ancheer para terem uma bateria de substituição e a respectiva montagem, ambas gratuitas”, avisa a Percentagem de Segurança de Produtos de Consumo.

O portal Boy Genius Report lembra que estes incidentes acontecem, em dispositivos electrónicos. São raros, mas acontecem.

A pessoa anda normalmente na sua bicicleta, não repara em qualquer problema, mas a bateria pode estar sobreaquecida, inchada e originar incêndio. E isto pode suceder sem qualquer aviso. Acontece de repente.

Nesses casos deve-se, além de “reclinar” a bicicleta, deixar de recarregar a sua bateria e colocá-la num lugar sem risco de incêndio.

A pandemia “ajudou” o mercado de bicicletas eléctricas, que passaram a ser o meio de transporte para muitas pessoas, incluindo em Portugal.

Já em 2022, a procura por bicicletas e trotinetes em Portugal aumentou 150%, em Abril.

  Nuno Teixeira da Silva, ZAP //

Seja um visitante de carteirinha, assine nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos

Deixe um comentário