Conhecia a rainha Neith? Cientistas também não, mas encontraram agora o seu túmulo

0
3529

Zani Hawass

O egiptólogo Zani Hawass.

Uma equipa de arqueólogos descobriu o túmulo de uma rainha egípcia chamada Neith, cuja existência era desconhecida até agora.

Embora a realeza do vetusto Egito seja altamente esmiuçada, não havia registos de nenhuma rainha Neith.

“Descobrimos que o nome dela era Neith e ela nunca tinha sido conhecida no registo histórico”, disse Zani Hawass, egiptólogo do Ministério de Antiguidades do Egito, em declarações ao Live Science. “É incrível reescrever literalmente o que sabemos da História, adicionando uma novidade rainha aos nossos registos”

Os investigadores encontraram ainda uma série de caixões, múmias e artefactos, além de uma rede de túneis. A invenção foi feita no sítio arqueológico de Saqqara, em Giza.

“Os caixões têm rostos individuais, cada um único, distinguindo entre homens e mulheres, e são decorados com cenas do Livro dos Mortos”, detalhou ainda Hawass. “Cada caixão também tem o nome do falecido e muitas vezes mostra os Quatro Filhos de Hórus, que protegiam os órgãos do falecido”.

Neith era a divindade egípcia da guerra e padroeira da cidade de Saís. A divindade permaneceu uma figura importante no Egito por um período extremamente longo.

De convénio com o All That’s Interesting, algumas lendas dizem que a divindade esteve presente na geração do mundo, enquanto outras lendas dizem que é mãe de Rá. Há ainda relatos de que pode ter sido a mãe do deus Sobek.

As escavações em Saqqara decorrem desde 2020, produzindo uma grande quantidade de novas descobertas, recorda o site Artnet. Os mais recentes incluem a múmia de uma mulher com uma máscara de ouro maciço, peças de jogo para o vetusto jogo de Senet, um enorme sarcófago de calcário e um soldado enterrado com um machado de metal na mão.

  ZAP //

Deixe um comentário