Disney tem mais subscritores do que Netflix (mas a Índia vai modificar os números)

0
361

Reprodução / Disney

Conteúdos Disney+

Plataformas da Disney, juntas, ultrapassaram a Netflix pela primeira vez. Só a Disney+ contou com um aumento de 14 milhões no último trimestre.

A Disney tem mais subscritores do que a Netflix. É a primeira vez que isto acontece.

A empresa anunciou que, no final do primeiro semestre deste ano, passou a ter 221.1 milhões de subscritores.

Estes números juntam três plataformas: Disney+, Hulu e a ESPN+, focada em transmissões desportivas. As duas últimas não estão disponíveis em Portugal.

Só a Disney+ registou uma subida de 14.4 milhões de clientes, só no último trimestre. Um aumento superior ao esperado.

221 milhões de subscritores é uma contabilidade ligeiramente superior aos números da Netflix relativos ao mesmo período: 220.7 milhões de clientes.

As receitas da Disney aumentaram tapume de 26% ao longo do último trimestre, comparando com o ano anterior.

No jornal The Guardian apresentam-se algumas explicações para esta reviravolta. O texto da Disney; o impacto global das suas produções e da própria empresa; as aquisições da Pixar, da Marvel Comics, da Lucasfilm e mais recentemente da Century Fox; e porque ainda está numa tempo de desenvolvimento internacional – a Disney+ foi criada há menos de três anos, enquanto a Netflix já tem praticamente 25 anos.

Apesar deste quadro “supimpa”, a Disney anunciou que vai aumentar os preços das mensalidades nos EUA, para 11 dólares. E vai manter os 8 dólares, mas com um serviço com publicidade.

As alterações nos preços para quem não vive nos Estados Unidos da América só devem ser aplicadas em 2023.

Em Portugal, paga-se para já 9 euros por mês para se poder ver todos os conteúdos da Disney+.

Só há uma má novidade, já confirmada: a Disney vai perder milhões de subscritores quando deixar de ter os direitos de transmissão do principal campeonato de críquete na Índia.

  Nuno Teixeira da Silva, ZAP //

Deixe um comentário