Doe seu natalício para a Revista AzMina!

0
3336

foto: freeimages.com

Ei, você! Você aí que curte o trabalho d’AzMina! Você que tem seu trabalho, sua vida, sua família, mas que a cada esquina encontra aquele pensamento: “eu preciso fazer um pouco contra o machismo”. Você só precisa fazer natalício.

Crer em um pouco custa, e fazer jornalismo com base no que a gente acredita custa também. Jornalismo independente depende de quem acredita esse projeto.

E se ao invés de lucrar mais uma blusinha que vai permanecer esquecida no fundo do armário ou um pacote de meias da tia, você convocar seus amigos a transmutar seus presentes em doações para a Revista AzMina?

O moeda que a gente receber pelas suas velinhas vai ajudar a tirar do papel 12 grandes séries investigativas cujos temas vão da exploração sexual nas rodovias mineiras à verdade das mulheres nas Forças Armadas (o projeto completo está ). Interessou? Olha só uma vez que funciona:

Seu natalício vai virar um crowdfunding – uma espécie de vaquinha virtual – na plataforma Juntos, nossa parceira nesse projeto, e vai ter uma página só dele! Todo o valor arrecadado vai ser diretamente direcionado para as bolsas de reportagens e, pra te agradecer pelo escora, temos um presente privativo pra você: um kit privativo AzMina que inclui um livro “Você já é feminista”, um porta-lata d’AzMina e uma palestra de introdução ao feminismo com nossa equipe – além de espaço vitalício em nossos corações!

Mas a gente vai precisar de um esforcinho seu, porque ao contrário do que muita gente pensa, crowdfunding não é ortografar um projeto, botá-lo no ar e esperar sentado. Crowdfunding é vestir a camisa de um pouco em que você acredita e narrar pra todo mundo que você encontrar. Quanto mais você fizer os olhos das pessoas brilharem, maior será a arrecadação. A boa notícia é que é seu natalício e todo mundo que gosta de você tá a término de te fazer um jubilidade. É a míngua agarradinha com a vontade de consumir!

Animou? tem um exemplo pra te inspirar. Mas você é livre pra deixar o seu com a sua face, ok? Olha o passo a passo:

No site da Juntos, faça o login ou crie um cadastro;

Entre em “enviar projetos”, lá no topo e preencha todos os campos;

Você vai precisar gerar um título (seja direto!) e um texto restringido em que explica porque esse projeto para o qual você está pedindo doações é importante. Você conhece seu público e suas motivações! Manda projéctil e arrasa!

Sugerimos uma meta mínima de R$ 800, mas o fundamento é o limite! É lícito pensar em um número que seja reptador, mas o tamanho e o poder aquisitivo das suas redes também são importantes cá. Aniversariantes que baterem a meta vão lucrar o kit com livro, porta-lata e palestra (envio pra qualquer ponto do Brasil, palestra em São Paulo);

Duração: 10 dias. Categoria: Direitos Humanos;

Clique em “salvar e continuar” e, na página seguinte, em “salvar”;

Agora você precisa inserir a URL do seu vídeo. Sim, vídeo! Pode ser gravado no celular mesmo. É que dá muito mais vontade de doar quando a gente vê a carinha do nosso colega ou amiga, né? Por isso que o vídeo é tão importante!

Você também vai precisar inserir algumas imagens. No campo “parceiros do projeto”, não se esqueça de incluir o nosso logo, que você pode diminuir .

Terminou? Clique lá no topo em “enviar projeto para estudo”. Na sequência copie e cole o link do seu projeto e mande para a Juntos no email [email protected], pra que eles possam fazer a vinculação do seu crowdfunding com a arrecadação d’AzMina. Importante: o título do seu email deve ser “natalício com AzMina”, e junto com o link você deve mandar a data de lançamento do seu crowdfunding (10 dias antes do seu natalício ou da data em que pretende comemorar).

Pronto! Agora é só esperar o lançamento do seu crowdfunding pra espalhar para os amigos! Aproveite que você está com a faca e o queijo na mão e estimule a turma a tirar o escorpião do bolso!

A magnanimidade dos nossos doadores possibilita que a gente continue produzindo texto descerrado e gratuito para que pessoas que não podem remunerar por informação também tenham chegada a um jornalismo de qualidade. AzMina agradece de coração e te deseja um feliz natalício!

* Você sabia que pode reproduzir tudo que AzMina faz gratuitamente no seu site, desde que dê os créditos? Saiba mais .

Natividade: AzMina

Deixe um comentário