elas são melhores do que eles em carros autónomos

0
268

Andrea Piacquadio / Pexels

Estudo revelou que, quando é exigida a recuperação do controlo de sege, as mulheres são mais eficazes do que os homens.

Os carros autónomos ainda não são uma rotina para quase nenhum (ou mesmo nenhum) leitor do ZAP.

Mas começam a ser rotina nas notícias. Pelo menos em algumas fases.

Ainda há poucos dias partilhámos um factor psicológico: a maioria dos condutores acha que a sua transporte é mais segura do que quando se entra num sege sem condutor. Por isso, não avançam para a compra de um réplica.

Agora, e continuando o tema segurança, um estudo revelou que as mulheres são mais seguras do que os homens dentro dos carros autónomos.

Não, não estamos confusos. Os carros autónomos circulam sozinhos. Mas há momentos em que é exigida a presença humana; o momento em que a pessoa volta a controlar os movimentos da viatura, quase sempre em casos de emergência, de acidente iminente.

E aí, de convénio com um estudo na Universidade de Newcastle, no Reino Uno, as mulheres são mais rápidas a reagir, controlam o volante e os pneus de uma forma mais sólido e também realizam manobras mais prudentes.

O estudo, revelado pelo jornal The Times, envolveu 33 homens e 43 mulheres num simulador de transporte, onde todos foram sujeitos a condições semelhantes a uma viagem num sege independente na estrada.

Em relação ao tempo de reacção, que na prática é um dos factores mais importantes (ou mesmo o mais importante) numa emergência, as mulheres demoraram em média 2,45 segundos para reagir; os homens demoraram um pouco mais (2,63 segundos).

No universal – e agora envolvendo qualquer tipo de sege moderno – as mulheres têm uma tendência menor para se envolverem em acidentes – embora seja mais provável reprovarem no inspecção de transporte.

E assim a “guerra dos sexos” mantém-se na transporte. Mesmo em carros que andam sozinhos.

Mas, enfim, mulheres ao volante não são um risco metódico.

  ZAP //

Seja um visitante de carteirinha, assine nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos

Deixe um comentário