EUA devolve moeda que vale 1 milhão de euros

0
3525

Gabinete do Procurador Distrital de Manhattan

Consequência de investigação conjunta de contrabando. Moeda recua a rebelião judaica contra o domínio romano há quase 2 milénio anos.

Um país devolve uma moeda histórica a outro país. Zero privativo, até cá.

Estados Unidos da América devolve uma moeda histórica a Israel. Cá, o interesse talvez aumente.

A moeda é dos tempos de uma rebelião judaica contra o domínio do Poderio Romano, há quase 2 milénio anos. E vale mais de 1 milhão de euros.

Pronto, agora percebe-se porque isto é notícia.

A CNN explica que esta restituição decorreu depois de uma investigação conjunta de contrabando.

20 anos que a moeda de prata tinha sido “desviada”, perto de Jerusalém. Os ladrões terão encontrado um esconderijo, que abriga várias peças arqueológicas importantes.

Depois a moeda seguiu para o mercado preto, sendo posteriormente entrado no Reino Unificado através da Jordânia, por contrabando.

Até que “aterrou” nos EUA. Há cinco anos a moeda foi apreendida no Colorado.

De conformidade com a promotoria de Manhattan, esta moeda cunhada no ano 69 d.C. é “extremamente rara”. Aliás, só há mais um réplica semelhante publicado.

Foi criada numa era em que a Judeia era controlada pelos romanos mas o Poderio permitiu a circulação de algumas moedas locais.

É vista uma vez que uma enunciação de independência dos judeus na terreno de Israel, uma enunciação contra o Poderio Romano.

A repatriação da moeda teve recta a protocolo, na segunda-feira passada, dia 12 de Setembro, com a presença de vários altos funcionários de Israel. O legado do país na ONU foi um deles.

  ZAP //

Deixe um comentário