Há um movimento simples que queima gordura enquanto estamos sentados

0
5026

Andrea Piacquadio / Pexels

A flexão do sóleo, um músculo de trás na segmento de reles da perna, ajuda a processar o açúcar no sangue e a queimar gordura.

Já é sabido que passar muito tempo sentado tem efeitos muito negativos para a nossa saúde. Por exemplo, um estudo de Junho concluiu que estar sentado durante seis a oito horas por dia aumenta o risco de morte prematura em 12% em relação a quem fica sentado menos de quatro horas. Já passar mais de oito horas sentado faz o risco disparar até aos 20%.

Infelizmente, não há uma solução fácil para oriente problema, já que muitos de nós somos obrigados a passar horas a fio detrás de uma secretária ou sentados ao volante devido à natureza dos nossos trabalhos. No entanto, há um truque que podemos utilizar que nos ajuda a combater os efeitos negativos deste problema.

De tratado com um novo estudo publicado na iScience, é provável manter o metabolismo de um músculo activo mesmo quando passamos várias horas sentados.

O sóleo é o músculo de trás na segmento subordinado da perna e fica por reles do gastrocnémio. É um músculo poderoso e principal para conseguirmos marchar e passar — e a “flexão do sóleo” ajuda-nos a queimar gordura sem termos de nos levantar.

Para testarem os efeitos deste tirocínio, os autores do estudo analisaram o seu impacto em 25 pessoas com estilos de vida, alguns activos e alguns sedentários. Os participantes começaram a fazer as flexões do sóleo numa posição confortável sentada, usando monitores e biópsias ao músculo para se calcular os resultados.

Os resultados mostram que oriente tirocínio levou a uma melhoria de 52% na estabilização das oscilações dos níveis de açúcar no sangue e também causou uma quebra de 60% na premência de insulina quando os participantes tomaram bebidas de glucose, relata o IFLScience.

Para além dos benefícios nos níveis de açúcar, oriente tirocínio também ajuda a queimar gordura, nomeadamente a lipoprotéina de densidade muito baixa, que contribuiu para o colesterol basta. O metabolismo da gordura foi geminado em relação às taxas registadas quando não se faz a flexão.

“Nunca sonhamos que oriente músculo tivesse oriente tipo de capacidade. Esteve dentro dos nossos corpos estes tempo todo, mas ninguém o investigou para saber porquê pode ser usado para optimizar a nossa saúde, até agora”, explica Marc Hamilton, professor de saúde e performance humana na Universidade de Houston.

No entanto, apesar de todos os seus benefícios, não é qualquer um que consegue dominar esta práctica, devido à dificuldade no movimento. “A flexão do sóleo parece simples vista de fora, mas às vezes o que vemos a olho nu não é a história totalidade. É um movimento muito específico que exige tecnologia e experiência para se optimizar os benefícios para a saúde”, acrescenta Hamilton.

A equipe está agora a trabalhando no aperfeiçoamento das instruções para que os funcionários de mesa possam realizar a flexão de sóleo sozinhos e sem precisarem da sofisticada tecnologia de laboratório.

  ZAP //

Deixe um comentário