Já pode levar o seu cão a banhos em tapume de 90 praias

0
516

newstadt / Flickr

Há cada vez mais praias a permitir a ingressão de cães, mas há regras específicas para os donos seguirem, porquê o uso obrigatório de trela. Quem não satisfazer arrisca uma multa que pode chegar aos 2500 euros.

Ao longo dos últimos anos tem havido cada vez mais praias a permitir a ingressão de cães durante a idade balnear e o número já ronda as 90 no continente.

A primeira foi a Praia da Areia Setentrião, em Peniche, que em 2016 passou a permitir o aproximação livre dos nossos amigos de quatro patas durante a idade balnear, seguindo-se a Praia do Coral, em Viana do Fortaleza.

Em Esposende, a Praia Suave Mar e a Praia da Ramalha também permitem a ingressão de cães, havendo até um giro de limpeza com dispositivos para a colheita dos dejetos e sinais com indicações sobre onde os animais podem circundar.

Já na Extensão Metropolitana do Porto, destaca-se a Praia de Brito em Vila Novidade de Gaia, que é a única praia concessionada que está ocasião para animais. Já em Oeiras, a Praia das Amoreiras é uma opção assim porquê a praia de Furnas-Rio em Odemira.

O Público criou uma infografia que mostra todas as praias do país, sejam elas concessionadas ou não, que permitem a ingressão de animais.

Recorde-se que há regras específicas a satisfazer, principalmente nas praias concessionadas, onde os cães têm de andejar sempre com o trela e caso sejam de raças consideradas perigosas, têm também de ter um açaime. Os animais feridos, a amamentar, no cio ou doentes não podem ir às praias.

Tal porquê em qualquer outro espaço público, é imperativo que os donos recolham os “presentes” que os animais larguem no areeiro e é importante também levar a documentação caso a Polícia Marítima a peça. Quem não satisfazer as riscas arrisca-se a ter de remunerar uma multa que pode chegar aos 2500 euros.

No caso dos cães de assistência, porquê os cães-guia para cegos, surdos ou pessoas com deficiências, o aproximação é permitido em todas as praias nacionais sem restrições.

  ZAP //

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.