Lucy regista eclipse lunar total a 100 milhões de quilómetros da Terra

0
1106

A nave espacial Lucy, da NASA, observou o eclipse lunar total a partir de um ponto de vista único, a 100 milhões de quilómetros da Terra.

No início da semana passada aconteceu o primeiro eclipse lunar total de 2022. A sonda Lucy, da NASA, registou o fenómeno a partir de uma perspetiva única no Espaço profundo.

A uma distância de 100 milhões de quilómetros da Terra, a Lucy usou a sua câmara de alta resolução L’LORRI para registar o evento astronómico num breve time-lapse.

No vídeo, que dura apenas dois segundo, vê-se a Terra a girar à esquerda enquanto a Lua, cujo brilho foi aumentado em 6 vezes, passa pela sombra do nosso planeta.

“Embora os eclipses lunares totais não sejam assim tão raros – acontecem mais ou menos todos os anos – não é assim tão frequente que se tenha a oportunidade de os observar de um ângulo totalmente novo“, disse o investigador Hal Levison, do Southwest Research Institute, citado pelo Sci-News.

“Quando nos apercebemos de que Lucy teve a oportunidade de observar o eclipse lunar de 15-16 de ,aio como parte do processo de calibração de instrumentos, todos ficaram incrivelmente excitados”, acrescentou.

(dr) Southwest Research Institute

Nave espacial Lucy, da NASA

“Capturar estas imagens foi realmente um incrível esforço de equipa“, disse John Spencer, também do Southwest Research Institute. “As equipas de instrumentos, orientação, navegação e operações científicas tiveram todas de trabalhar em conjunto para recolher estes dados, colocando a Terra e a Lua no mesmo enquadramento.”

Lançada a 16 de outubro do ano passado, a missão Lucy em como objetivo estudar os asteroides troianos de Júpiter, que podem fornecer informações valiosas sobre a formação do Sistema Solar.

  ZAP //

Deixe um comentário