Mais de metade da população mundial sofre de dor de cabeça

0
2212

MangoStar_Studio / Canva

Uma novidade investigação, que analisou 357 estudos científicos realizados nos últimos 60 anos, permitiu concluir que 52% das pessoas em todo o mundo sofrem de dores de cabeça.

Uma equipa de cientistas fez uma revisão dos estudos feitos entre 1961 e 2020 sobre dores de cabeça e concluiu que mais de metade da população mundial sofre desta requisito.

Segundo o Gizmodo, 52% das pessoas em todo o mundo têm um distúrbio de dor de cabeça ativo, sendo que as mulheres são as mais prejudicadas. Segundo os dados, 4,6% relata dor de cabeça em mais de metade dos dias do mês, 26% sofrem de cefaleia do tipo tensional e 14% das pessoas têm enxaqueca.

As novas descobertas, publicadas no The Journal of Headache and Pain, estão de concórdia com estas estimativas do pretérito e mostram que as dores de cabeça continuam a ser um problema universal em todo o mundo.

Os autores deste item também tentaram perceber por que razão a taxa de dores de cabeça relatada pode variar estudo para estudo ou entre diferentes regiões do mundo. De concórdia com a equipa, fatores metodológicos comuns – uma vez que a forma uma vez que as pessoas são questionadas sobre os seus sintomas – podem explicar muro de 30% das variações.

Os dados parecem sugerir que as enxaquecas se tornaram mais comuns nos últimos anos e que existem diferenças regionais na verosimilhança de ter dores de cabeça, um pormenor que poderia assinalar uma mudança nas causas das dores ao longo do tempo, uma vez que uma maior exposição à poluição do ar ou ao stress, por exemplo.

Ainda assim, outros fatores menos óbvios na forma uma vez que os estudos são conduzidos podem explicar esta variação.

“O que é simples é que, de um modo universal, as dores de cabeça são altamente prevalecentes em todo o mundo e podem ser um grande fardo”, rematou o investigador Lars Jacob Stovner.

  ZAP //

Deixe um comentário