Não é só a semblante. As sósias têm mais em universal do que pensamos

0
348

The Matrix

Para além de uma elaboração genética extremamente semelhante, as sósias também podem ter em universal aspectos do seu estilo de vida, uma vez que se são ou não fumadores ou até o nível de instrução.

Ter uma sósia não é só uma mera coincidência. Um novo estudo publicado na Cell Reports fez uma estudo ao ADN de 16 pares de sósias e revelou que há muitos outros fatores que unem estas pessoas para além das parecenças físicas, uma vez que um profundeza e peso semelhantes e até hábitos e comportamentos parecidos.

Já há muito tempo que os gémeos fascinam os cientistas, mas as sósias são um território menos explorado. Desde 1999 que o artista canadiano François Brunelle se dedica a captar imagens de sósias espalhados pelo mundo e os cientistas decidiram pegar no seu catálogo para levante estudo.

A pesquisa baseou-se em 64 fotografias de sósias do site do artista, assim uma vez que amostras de ADN da suco dos participantes, que também responderam a um questionário sobre o seu estilo de vida.

Foram depois usados três algoritmos diferentes de reconhecimento facial que avaliaram o nível de semelhança entre os pares de sósias, sendo que metade foram classificados uma vez que quase iguais pelos três algoritmos, relata o Science Alert.

Os investigadores fizeram análises genéticas aos participantes e descobriram nove pares de “ultra” sósias que partilham 19 277 variações genéticas em 3730 genes, muitos destes relacionados com os traços físicos do rosto e corpo. Apesar de não terem qualquer proporção de parentesco ou antepassado recente em universal, as sósias tinha uma elaboração genética bastante semelhante.

Mas a segmento mais surpreendente do estudo está nos resultados dos questionários dos participantes, que revelam que estes têm muito mais em universal do unicamente os genes que determinam a semblante.

A equipa notou um grande nível de semelhança em alguns hábitos das sósias, uma vez que se são ou não fumadores, o seu peso e até o nível de instrução. Apesar de a réplica ser pequena, os autores dizem que estes resultados são “impressionantes”.

Isto não significa que as sósias são gémeos perdidos ou um tanto do género. No entanto, as suas semelhanças genéticas e comportamentais podem no porvir ser usadas para se tentar prever uma vez que um quidam pode crescer e envelhecer.

  Adriana Peixoto, ZAP //

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.