NASA anuncia lançamento de novo foguetão lunar no sábado

0
251

Primeira tentativa para lançar a missão Artemis I ocorreu na segunda-feira, mas fracassou devido a um problema técnico num dos motores. Primeira data opção apontava para esta sexta-feira, mas é agora adiada por mais um dia.

A filial espacial norte-americana (NASA) anunciou na terça-feira que vai tentar lançar o novo foguetão lunar SLS no sábado, posteriormente uma primeira tentativa fracassada na segunda-feira devido a um problema técnico.

“Concordamos em mudar a nossa data de lançamento para sábado, 3 de setembro”, disse o diretor da missão, Mike Sarafin, que deve marcar o início da missão do programa norte-americano de retorno à lua.

Uma mando meteorológica disse estar “otimista” sobre o clima no sábado, embora a verosimilhança de condições desfavoráveis “seja subida”.

Na segunda-feira, a NASA havia recebido lançar o SLS na sexta-feira caso conseguisse resolver até quinta-feira, na plataforma de lançamento, os problemas técnicos que levaram naquele dia ao seu cancelamento.

Mike Sarafin disse em conferência de prelo que seria provável o lançamento na sexta-feira — segunda data que tinha sido admitida anteriormente pela NASA caso a descolagem fosse abortada — desde que os problemas técnicos se resolvessem na plataforma de lançamento nas próximas 48 a 72 horas.

Justificando o cancelamento do voo de teste do SLS, sem tripulação e que tem acoplada no topo a nave Orion, que há de orbitar a Lua, a NASA referiu, em enviado, que um dos quatro motores do módulo médio do talento não atingiu a temperatura adequada para a descolagem.

Esse problema foi provocado por uma “má relação” num elemento da nave, que já foi “consertada”, disse John Honeycutt, encarregado do programa de foguetes da NASA.

A equipa técnica iria reunir-se hoje para examinar os dados, perceber o que falhou e fazer correções.

A concretizar-se, o lançamento do SLS, sucessivamente posposto ao longo dos anos, marca o início do programa lunar Artemis, com que os Estados Unidos pretendem tornar à superfície da Lua em 2025, um ano depois do previsto, colocando no solo a primeira astronauta mulher e o primeiro astronauta preto.

Antes disso, a NASA quer levar astronautas novamente para a trajectória lunar em 2024. O SLS é o foguetão mais potente da NASA desde o Saturno V, que levou astronautas norte-americanos à Lua, entre 1969 e 1972.

Deixe um comentário