Novidade ocupação permite a mergulhadores transmitir mensagens mesmo quando submersos

0
281

Universidade de Washington

AquaApp

Uma vez selecionada uma mensagem, o sistema de som do telefone enviam-na através da chuva porquê uma série de impulsos acústicos.

Durante a prática de mergulho, os métodos mais frequentes para a transmissão de mensagens por insignificante de chuva são os sinais manuais ou placas de escrita, apesar de ambos apresentarem limitações: sem sempre são visíveis à pausa e o mergulhador emissor tem que se corrobar que o recetor está a olhar na sua direção.

As comunicações via rádio também não são uma opção, uma vez que as ondas de rádio não viajam muito através da chuva. Existem sistemas de comunicações acústicas de voz, mas exigem que ambos os mergulhadores utilizem transceptores dispendiosos, um tanto nem sempre viável.

Na procura de uma escolha mais simples e atingível, uma equipa da Universidade de Washington desenvolveu uma ocupação que pode ser utilizada num smartphone quando inserida numa caixa subaquática. Denominada AquaApp, permite aos utilizadores escolher entre 240 mensagens pré-programadas que correspondem a sinais manuais utilizados pelos mergulhadores.

Com o objetivo de manter as coisas simples, as mensagens que transmitem os 20 sinais mais frequentemente utilizados são mostradas de forma proeminente para um ingresso rápido. Ou por outra, as mensagens podem ser classificadas em oito categorias de peça, tais porquê as relacionadas com factores ambientais ou estado do equipamento.

Uma vez selecionada uma mensagem, os altifalantes do telefone enviam-na através da chuva porquê uma série de impulsos acústicos. Estes impulsos são detectados pelo microfone do telefone do destinatário, onde a ocupação os converte novamente numa mensagem visual no ecrã. A ocupação também alerta o destinatário para o facto de uma mensagem ter sido recebida, descreve a New Atlas.

Graças a um protocolo peculiar de rede, até 60 mergulhadores podem legar uns com os outros de uma só vez, num único lugar. Com base em testes de campo realizados numa variedade de cenários ao ar livre, a ocupação é considerada porquê viável até uma pausa de 30 metros.

Há ainda factores complicados a considerar, incluindo reflexos acústicos ao largo do fundo do mar, objetos à superfície ou por reles de chuva, ruídos de fundo de fontes tais porquê motores de barcos, variações nos sistemas de som e microfones de diferentes telefones, assim porquê a orientação física dos mergulhadores em relação uns aos outros.

Por esta razão, cada “conversa” começa com o primeiro telefone a enviar um pequeno sinal acústico sabido porquê pródromo. O aplicativo no segundo telefone analisa esse sinal e utiliza-o para ordenar a melhor forma de envio da mensagem real – porquê a taxa de bits e frequência acústica ótimas – dadas as condições atuais. Essa informação é transmitida de volta para o primeiro telefone, que depois envia a mensagem em conformidade.

  ZAP //

Seja um visitante de carteirinha, assine nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos

Deixe um comentário