O efeito de um Mundial de futebol…nos preços das televisões (e há uma novidade)

0
6269

Marco Verch Professional Photographer / Flickr

A procura subiu mais de um terço ao longo do último mês e o preço também subiu, em média. Mas os portugueses também querem soundbars.

Há muitos protestos, há muitas queixas, mas “toda a gente” quer ver na mesma.

Não é propriamente inédito, mas agora há números sobre o aumento da procura – e dos preços – de televisores, poucos dias antes do início de um Mundial de futebol.

Desta vez será o Mundial 2022, que começa no próximo domingo (dia 20), no Qatar. Portugal vai estrear-se três dias depois, dia 24.

De consonância com uma estudo do comparador de preços KuantoKusta, ao longo do último mês a procura por televisores em Portugal aumentou 35%. Mais de um terço em relação ao mês anterior, portanto.

O preço dos televisores também não fica igual, porquê se previa: subiu em média 10% ao longo do último mês. Em média uma televisão está a custar 461 euros, com a Xiaomi no topo das mais procuradas.

“Tal porquê já tem sido habitual noutros anos, os campeonatos europeus e mundiais de futebol são o pretexto ideal para muitos portugueses fazerem uma actualização à televisão da sua sala, e neste ano, com a potencial oportunidade de aproveitarem a era de descontos associada à Black Friday”, lembrou Ricardo Pereira, diretor de marketing do KuantoKusta.

O responsável lembrou que o contexto parcimonioso novo não é o de outros torneios mas “o mercado está também a subir em valor”.

O Mundial 2022 traz uma novidade, neste contexto: a procura por soundbars, as barras de som que proporcionam outra experiência sonora.

E, nestes aparelhos, a procura passou a ser ainda maior, tendo registado um aumento da procura de 75%. Ou seja, perto do duplo.

Cada soundbar custa em média quase 228 euros, com exemplares de Blaupunkt e Hisense no topo dos mais pesquisados.

  Nuno Teixeira da Silva, ZAP //

Deixe um comentário