Privação de sono ou ressonar pode aumentar o risco de glaucoma

0
7741

Tim Samuel / Pexels

A privação de sono podem aumentar o risco de glaucoma, um problema ocular onde o nervura ótico que liga o olho ao cérebro está danificado, revelou um novo estudo divulgado recentemente.

Segundo o estudo, publicado na BMJ Open, esta quesito é a principal razão de fanatismo em todo o mundo, chegando a afetar tapume de 112 milhões de pessoas até 2040, de entendimento com o Southwest News Service.

Os cientistas estudaram mais de 409 milénio pessoas entre 40 e 69 anos na fundura do recrutamento (entre 2006 e 2010). Os investigadores descobriram 8.690 casos de glaucoma depois 10,5 anos de monitorização, sendo que o risco aumentava com a idade, o facto de serem fumadores, terem tensão arterial elevada e diabetes.

Na investigação foi ainda concluído que a privação do sono, insónias, ressonar e sentir cansaço durante o dia também são fatores de risco para desenvolver glaucoma. Aqueles que ressonam tinham 4% mais probabilidades de contrair a doença, e os que sentiram sonolência durante o dia tinham uma verosimilhança 20% maior.

Os participantes forneceram detalhes sobre a sua rotina de sono aos investigadores que, em conjunto com outros fatores uma vez que a idade, sexo, estilo de vida, peso, etnia, instrução e localização, conseguiram estudar o risco que a privação do sono pode implicar para saúde.

Os resultados revelaram que os indivíduos que dormiam entre sete e nove horas por dia foram classificados uma vez que tendo a rotina mais saudável de sono.

  ZAP //

Deixe um comentário