RJ: Petrópolis inicia 9º dia de buscas por vítimas registrando

0
5210

Esta quarta-feira (23), marca o 9º dia de buscas por vítimas em Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro. Segundo o Corpo de Bombeiros, já são 198 mortos na tragédia da semana passada. Outras 69 pessoas continuam desaparecidas.

Na tarde da última terça-feira (22), a cidade voltou a ter fortes chuvas e alagamentos. Em alguns bairros, sirenes chegaram a ser acionadas pela Resguardo Social para alertar a população sítio sobre os riscos.

Nas redes sociais, moradores publicaram imagens com ruas alagadas e interditadas. Vias importantes da cidade, uma vez que a rua Mosela e outras do bairro Bingen, uma das regiões mais atingidas, além de algumas ruas do bairro Quitandinha, também tiveram inundação.

Leia também: Uma semana em seguida tragédia, Petrópolis volta a ter chuva poderoso com inundação de ruas

O Instituto Vernáculo de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta de chuva poderoso para a região, com média diária de chuva variando entre 50mm e 100mm até esta quarta-feira (23).

Solidariedade

Para contribuir com as vítimas das chuvas, a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) entregou, na última terça-feira (22), 3,5 toneladas em doações, incluindo víveres não perecíveis, produtos de higiene pessoal, roupa, lençóis, chuva potável, cobertores, materiais de limpeza, fraldas.

A entrega do que foi arrecadado durante a campanha da instituição foi feita pelo reitor da universidade, Ricardo Lodi, que também disponibilizou leitos do Hospital Universitário Reitor Hesio Cordeiro, em Cabo Insensível, para albergar as vítimas.

A Uerj já tinha feito doações de agulhas, aventais, gazes, luvas cirúrgicas, máscaras, seringas, toucas, algodão, soro fisiológico e glicosado, para as unidades de saúde da região.

Manancial: BdF Rio de Janeiro

Edição: Mariana Pitasse

Manancial: Brasil de Veste

Deixe um comentário