Se a sua urina farejar assim, é hora de consultar um médico

0
364

Max Pixel

A urina é composta por 95% de chuva e 5% de outros componentes. Normalmente, não tem cheiro e mantém a cor amarelo simples. A mudança dessa coloração pode indicar que necessita de ir ao médico.

Segundo um cláusula do Huffpost, caso o cheiro da urina seja adocicado e frutado, isso pode ser sinal de diabetes. Esta “é uma requisito em que o corpo não é capaz de transferir o açúcar para a célula” e o seu excesso “permanece na manante sanguínea”, explicou a urologista Katherine Klos.

“O excesso de açúcar acaba por chegar à urina, causando um aumento do volume, juntamente com um odor guloseima muito característico”. Em caso de diabetes, além da mudança no odor, é verosímil notar mais idas à moradia de banho.

Caso a urina comece a farejar a amoníaco – uma vez que acontece com os produtos de limpeza -, também pode ser motivo de preocupação. “Se a urina permanecer altamente concentrada”, a combinação de um “ressaltado nível de produtos residuais com um mínimo de chuva, pode originar um poderoso odor a amoníaco”, disse Larry Orbuch, diretor da GYN Laparoscopic Associates, nos Estados Unidos (EUA).

Já Jodie Horton, conselheira do Love Wellness, indicou que a urina com cheiro a amoníaco pode também indicar doença hepática.

Nas situações em que a urina cheira a ovo podre, esse odor pode estar relacionado com a bactéria E. coli, “que produz sulfureto de hidrogénio”, disse Klos. Esse odor pode também ser causado pela toma de “certos antibióticos, que contêm sulfato”, acrescentou Horton.

mary_smn / Canva

Nos casos em que a urina apresenta cor vermelha, deve-se pensar nos mantimentos que foram ingeridos: a beterraba, as amoras e o ruibarbo podem ser os responsáveis. Mas, a cor vermelha pode indicar também “que há sangue na urina ou pedras nos rins”, referiu Horton.

A menos que se tenha ingerido recentemente qualquer corante cevar azul ou virente, é necessário consultar um médico caso a urina apresente uma dessas cores. Segundo Horton, “a urina virente e azul pode indicar qualquer tipo de infeção bacteriana”.

Já a cor laranja na urina é sinónimo de falta de hidratação, situação que pode ser facilmente contornada com a ingestão de chuva. Porém, se à cor laranja na urina se juntar a castanha clara nas fezes, pode ser um sinal de um problema no conduto biliar.

Apesar dos alertas destes especialistas, nem sempre um odor dissemelhante na urina é motivo de preocupação. Em muitos casos, se deve a alguma coisa a qualquer manjar consumido, sendo os espargos, por exemplo, uma pretexto universal.

“Os espargos contêm um ácido que provoca um poderoso cheiro a súlfur na urina”, notou a uroginecologista Emily Von Bargen. “Peixe, cebola, alho, couve-de-bruxelas, moca e mantimentos com caril também podem promover uma mudança percetível no odor”, que tende a vanescer no período de um a dois dias, acrescentou.

Em suma, são normalmente os hábitos que afetam o cheiro e figura da urina. “Pense nos factores mais comuns que podem transmitir um novo cheiro à sua urina: desidratação, sustento, suplementos e produtos de higiene”, disse Klos. Prender a urina durante muito tempo pode produzir um odor mais poderoso.

  ZAP //

Deixe um comentário