Vacina e isolamento evitaram 66 milénio mortes por covid-19 no RJ,

0
5183

Um estudo realizado por pesquisadores da Instauração Oswaldo Cruz (Fiocruz), divulgado na semana passada, mostra que a vacinação e o isolamento podem ter evitado 380 milénio internações e 66 milénio mortes em decorrência da covid-19 no Rio até junho do ano pretérito.

Leia mais: Prefeitura do Rio pode flexibilizar obrigatoriedade do uso de máscaras já na segunda-feira

O estudo buscou compreender o real impacto de medidas farmacológicas e não farmacológicas para vedar a pandemia. Segundo o documento, somente a vacinação teria evitado mais de 230 milénio casos de hospitalizações e mais de 43 milénio mortes. Já as medidas não farmacológicas, uma vez que uso de máscaras e isolamento, teriam evitado 150 milénio hospitalizações e 23 milénio óbitos pela doença.

Para chegar a estas conclusões, os pesquisadores do Programa de Computação Científica (Procc/Fiocruz) desenvolveram modelos matemáticos capazes de tomar e descrever a dinâmica da pandemia de covid-19 na cidade.

As informações analisadas sobre casos, hospitalizações e óbitos por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) são do banco de dados público Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe), do governo do estado do Rio de Janeiro.   

Leia também: Volta às aulas: três reitores nomeados por Bolsonaro ignoram ações para prevenção da covid-19

Coordenador do Procc/Fiocruz e do estudo, Daniel Villela ressalta que o trabalho foi realizado em uma quadra de disseminação da versão gama e a vacinação foi a grande responsável por frear os casos graves.

“O que aconteceu já foi uma tragédia, mas teríamos tido um número de casos e hospitalizações ainda maior, se não fossem as medidas adotadas”, comentou o pesquisador.

Ômicron

Com a chegada da versão ômicron no país e na cidade do Rio de Janeiro, o cenário teve algumas mudanças, mas o coordenador do estudo enfatizou que a mensagem capturada continua a mesma.

“Mesmo com a ingresso de uma novidade versão uma vez que essa, do aumento de casos decorrentes disso e das doses de reforço da vacina, temos que continuar tomando os cuidados. De certa forma, é uma repetição do mesmo filme, mas com outros elementos. A mensagem é a de que as políticas combinadas continuam sendo importantes e atingindo os melhores resultados”, disse Villela.

Nascente: BdF Rio de Janeiro

Edição: Eduardo Miranda

Nascente: Brasil de Roupa

Deixe um comentário