Will Smith abandona ateneu dos Óscares e diz-se disponível para concordar consequências adicionais

0
3210

(cv)

O momento em que Will Smith esbofeteou Chris Rock.

Em enviado, o ator voltou a pedir desculpa, incluindo à Liceu e aos restantes vencedores da noite.

Will Smith anunciou ontem que vai rejeitar do seu regime de membro da Liceu de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood na sequência do incidente da última semana, no qual o ator bofeteou o humorista Chris Rock durante a 94.ª protocolo de entrega dos Óscares. Num enviado, o ator referiu-se às suas ações porquê “chocantes, dolorosas e sem desculpas”, adicionando que aceita qualquer consequência suplementar que o Raciocínio da Liceu decida.

“A lista daqueles que eu magoei é longa e incluiu o Chris, a sua família, muitos dos meus amigos e familiares, todos na protocolo, e o público em todo o mundo. Traí a crédito da Liceu. Impedi outros nomeados e vencedores da sua oportunidade de festejar e serem celebrados pelo seu trabalho inesperado. Estou destroçado.”

Na enunciação, Will Smith também admitiu que as suas ações prejudicaram o reconhecimento dos outros vencedores da noite. “Quero restituir o foco àqueles que merecem a atenção pelas suas conquistas e permitir à Liceu a retoma do incrível trabalho que faz para estribar a originalidade e a arte no cinema.”

O enviado terminou com uma promessa de mudança: “mudar lentidão o seu tempo e estou comprometido em trabalhar de modo a asseverar que nunca mais permita que a violência se sobreponha à razão.”

A agressão de Will Smith a Chris Rock aconteceu no seguimento de uma piada que o humorista fez acerca de Jada Pinkett Smith, mulher de Will, que remetia para o seu cabelo rapado, uma consequência da calvície, doença de que a atriz sofre. Na quarta-feira, a Liceu já havia anunciado a introdução de um processo contra o ator, com a possibilidade de levante ser expulso.

  ZAP //

Deixe um comentário